Ensino

A cria√ß√£o do curso de Engenharia de Produ√ß√£o na regi√£o contempla uma forma√ß√£o alicer√ßada nas demandas locais e diretrizes regionais. A regi√£o do Vale do S√£o Francisco trabalha a produ√ß√£o, necessitando ent√£o de mecanismos cient√≠ficos e de forma√ß√£o que acompanhe e estruture um modelo de desenvolvimento local que alavanque o desempenho da regi√£o. Muitos ainda n√£o conhecem o potencial desta engenharia, at√© porque o curso √© recente, mas a√ß√Ķes t√™m sido desenvolvidas na UNIVASF a fim de conscientizar e informar sobre as potencialidades da engenharia na regi√£o do S√£o Francisco o que dada √†s disponibilidades de oferta de vagas para este curso na Institui√ß√£o.

  • Hist√≥rico
  • Objetivos
  • √Āreas de Atua√ß√£o
  • Projeto Pedag√≥gico do Curso
  • Ofertas de Disciplinas

Como os Programas de Engenharia de Produ√ß√£o tem a potencialidade de disseminar conhecimentos b√°sicos referentes ao projeto, instala√ß√£o e melhoria de sistemas integrados de pessoas, equipamentos e materiais, proporcionando a forma√ß√£o para a ind√ļstria de engenheiros capazes de administrar e controlar sistemas produtivos, a regi√£o onde a Universidade Federal do Vale do S√£o Francisco tem sua √°rea de atua√ß√£o ganhar√°, uma vez que receber√° profissionais amplamente qualificados para interagir nos processos produtivos das empresas locais, imprimindo assim uma substancial qualidade aos produtos e servi√ßos regionais.
Essa situa√ß√£o j√° √© mais que suficiente para justificar a import√Ęncia da implanta√ß√£o de um Curso de Engenharia de Produ√ß√£o na UNIVASF. Al√©m disso, o curso ser√° √ļtil para a consolida√ß√£o do mercado de trabalho do Engenheiro de Produ√ß√£o na regi√£o.
A abordagem interdisciplinar e sist√™mica da Engenharia de Produ√ß√£o busca alcan√ßar solu√ß√Ķes objetivando aumentar a produtividade e a efici√™ncia dos sistemas, sem esquecer seus reais objetivos. O Curr√≠culo do curso de gradua√ß√£o em Engenharia de Produ√ß√£o que ora propomos na UNIVASF n√£o tem √™nfase em nenhuma √°rea espec√≠fica dada a pluralidade de √°reas de trabalho que a regi√£o oferece ao profissional de Engenharia de Produ√ß√£o bem como a cobertura em outras √°reas espec√≠ficas da engenharia na pr√≥pria UNIVASF (Engenharia El√©trica, Mec√Ęnica, Civil e Agr√≠cola e Ambiental). Por outro lado se justifica n√£o vincular o curso a uma √°rea espec√≠fica, pela expressiva quantidade de ind√ļstrias de transforma√ß√£o em funcionamento na regi√£o (gesso, cimento, minera√ß√£o, entre outros), al√©m da intensa atividade agroindustrial aqui existente (vitivinicultura, couro, ind√ļstrias de transforma√ß√£o agr√≠colas, entre outros).

O objetivo de criação do curso de Engenharia de Produção e a definição das disciplinas é o de formar profissionais mais especializados, aptos a atuar, de forma integrada na área de Engenharia de Produção, e que:

  • Possuam a forma√ß√£o de engenharia a partir da natureza geral do conhecimento pr√≥prio de engenhariaÕĺ
  • ¬†Desenvolvam compet√™ncias e habilidades dentro da base tecnol√≥gica da Engenharia de Produ√ß√£o consubstanciadas em suas 5 grandes √°reasÕĺ
  • ¬†Sejam capazes de desempenhar as suas atividades dentro do preconizado pela legisla√ß√£o atual e em conson√Ęncia com as necessidades da sociedadeÕĺ
  • Atendam ao perfil geral e espec√≠fico esperado para o profissional formado pela UNIVASFÕĺ
  • Estejam sintonizados com o que ocorre local, regional e nacionalmente sem perder de vista o que acontece no mundo atual.

A Engenharia de Produção pode ser exercida praticamente em todas as atividades produtivas humanas, embora sua aplicação se faça particularmente necessária na produção industrial de bens e na prestação de serviços complexos.

O mercado de trabalho para este profissional √© um dos mais crescentes dos √ļltimos anos, sendo a profiss√£o de engenharia de produ√ß√£o considerada, em veicula√ß√£o pela m√≠dia, por v√°rios anos consecutivos, como uma das profiss√Ķes do futuro, suplantando outras tradicionais engenharias no mercado de trabalho. Criando mais uma alternativa frente aos grandes centros urbanos brasileiros onde estes profissionais poder√£o atuar desde o desenvolvimento de projetos de produ√ß√£o vi√°veis at√© o acompanhamento, execu√ß√£o e controle de sistemas industriais ou de servi√ßos em f√°bricas, empresas de servi√ßos, projetos irrigados da regi√£o, bancos, escolas, hospitais e ONG‚Äôs ou qualquer outro segmento que necessite da atua√ß√£o do engenheiro de produ√ß√£o para otimiza√ß√£o. Dessa forma contribuindo para acelerar o processo de moderniza√ß√£o local e melhoria das condi√ß√Ķes sociais locais.

Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia de Produção - UNIVASF - Clique Aqui

Matriz Curricular do Curso - Engenharia de Produção - UNIVASF - Clique Aqui

Ofertas de Disciplinas para 2017.2 - Engenharia de Produção - UNIVASF - Clique Aqui

Ofertas de Disciplinas para 2017.1 - Engenharia de Produção - UNIVASF - Clique Aqui

Ofertas de Disciplinas para 2016.1 - Engenharia de Produção - UNIVASF - Clique Aqui

Oferta de Disciplinas para o Périodo 2016.2 - Engenharia de Produção - Clique Aqui