1. Ir para Menu
  2. Ir para o Conteúdo
  3. Ir para o Rodapé

Pós-Graduação em Engenharia Agrícola

Interiorização de centros de pesquisa e formação de recursos humanos de excelência

Histórico do curso


O Curso de Mestrado proposto vem ao encontro do apelo e comprometimento dos Ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia, com o desenvolvimento sócio-econômico e valorização das potencialidades regionais. Neste sentido, a UNIVASF inova em sua proposta acadêmico-pedagógica, por formar núcleos temáticos multidisciplinares envolvendo professores, acadêmicos e pesquisadores com os problemas locais e regionais ligados ao semiárido.

Além disso, através de parcerias com instituições, que partilham do mesmo comprometimento, a saber, Embrapa Semiárido e IFET, vislumbram-se um momento de oportunidades para a consolidação e desenvolvimento de uma estrutura de pesquisa em Engenharia Agrícola. Logo o curso de pós-graduação, nível mestrado, vem complementar as atividades de graduação, em especial dos cursos relacionados à Ciências Agrárias, promovendo a discussão e busca de alternativas para integração da universidade com a sociedade por meio das atividades de pesquisa e extensão, bem como pelos futuros egressos, que atuarão de forma dinâmica na pesquisa, docência e no desenvolvimento de sistemas de produção agropecuária no trópico semiárido.

Justifica-se ainda o programa pela política de interiorização de centros de pesquisa e formação de recursos humanos de excelência; integrados com a realidade econômica e social das áreas de atuação. Dessa forma, o grande diferencial do programa ora proposto, é que será voltado para formação de profissionais sintonizados com esta realidade e capazes de interagir na área de abrangência do trópico semiárido.

A idealização da criação de um curso de pós-graduação em Engenharia Agrícola, em plena região semiárida, ou seja, no sub-médio São Francisco, vem de longas datas. Entretanto, a presente proposta só pôde ser concretizada com a implantação do curso de Engenharia Agrícola e ambiental, pela UNIVASF.

A contratação de um número representativo de doutores na área de atuação em Engenharia Agrícola pelas instituições do Vale do São Francisco (UNIVASF, EMBRAPA e IFET), aliada a complementaridade visível entre as mesmas, fez com que essa comunidade cientifica vislumbra-se a potencial possibilidade de implantação desse curso de mestrado. A interação destes professores e pesquisadores tem sido de grande importância à região e tem proporcionado a concretização de projetos conjuntos, como a realização do XXXVIII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, ocorrido em agosto de 2009, em Juazeiro/BA-Petrolina/PE. Conscientes do relevante papel social, educacional e tecnológico a serem cumpridos, acreditam-se ser este o momento oportuno para tal empreendimento.

Vale do São Francisco Vale do São Francisco Vale do São Francisco